Resumo da Estagiaria 26/09/2019

Resumo da Estagiaria 26/09/2019

#ResumoDaEstagiaria 26/09/2019

  1. * Petróleo despejado no mar, atinge 46 cidades de oito estados do Nordeste. Segundo Ibama, o óleo derramado no mar não é produzido no Brasil
  2. * Presidente Jair Bolsonaro sobre seu discurso na ONU: "Não fui ofensivo com ninguém. (...) seria muito mais cômodo eu fazer um discurso para ser aplaudido, mas não teria coragem de olhar para a cara de vocês aqui".
  3. * STF decidiu por maioria dos ministros, em favor da tese de que réus delatados devem apresentar suas considerações finais após os réus delatores. Sentença final na próxima semana. #STFVergonhaNacional
  4. * Segundo Ministério da Econonia, o mercado imobiliário voltou a evoluir positivamente no segundo trimestre de 2019. Em junho, foram lançados 16.298 novos imóveis, o segundo maior resultado da série histórica iniciada em janeiro de 2014.
  5. * Foi lançado o plano Indústria 4.0, do Ministério da Economia. O objetivo é aumentar a produtividade das empresas brasileiras. 
  6. * Tomou posse, hoje, o novo Procurador Geral da República, Augusto Aras, que substitui Raquel Dodge. Ele fica no cargo até 2021.
  7. * O Banco Central elevou a previsão de crescimento do PIB brasileiro para 0,9 por cento. A estimativa é 0,1 ponto percentual a mais do que o previsto anteriormente. 
  8. * Em homenagem ao Dia Nacional dos Surdos, foi lançado o #LibrasGOV. O projeto sinaliza expressões governamentais em Língua de Sinais Brasileira, como explicou a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, durante o lançamento da iniciativa no Palácio do Planalto. 
  9. * Presidente Jair Bolsonaro através do Twitter : " O TSE decidiu que não houve disparos em massa de mensagens via WhatsApp durante campanha eleitoral (...) Mais uma narrativa montada pelos canalhas jogada na latrina!- COMO FUNCIONA: Folha de SP publica Fake News sobre Bolsonaro, com a matéria o PT ajuiza ação no TSE... mas Bolsonaro é absolvido."
  10. * Não ia ser ameaça, não. Ia ser assassinato mesmo. Ia matar ele e depois me suicidar", disse Rodrigo Janot (ex-pgr), ao comentar em entrevista, que foi armado ao Supremo para matar o ministro Gilmar Mendes.

 

Ass: @De_Estagiaria/ #ACHEFE